24Horas de Le Mans: dupla de marshals do ATCM na prova mais renhida do mundo

24Horas de Le Mans: dupla de marshals do ATCM na prova mais renhida do mundo

Por: Gilberto Guibunda

Luís Tenifala e Filipe “Machadão” Marcelino são dois irmãos com uma história incrível no desporto motorizado nacional, sobretudo no Automóvel & Touring Clube de Moçambique, ATCM, que leva mais de 30 anos.

Interpretam mais do que ninguém o seu papel de Comissários de Pista, pois deles depende a conservação do sector da pista que lhes é confiado, a segurança dos pilotos quer por sinalização por bandeiras ou semáforos, como socorrer pilotos em apuros, ou ainda a prontidão para remover um carro acidentado. Quanto menos acidentes melhor para os Marshals. Os dois beberam a disciplina e o rigor de um, senão o melhor, instrutor que Moçambique pode se orgulhar: Manuel “Manecas” da Silva.

Este sábado, na França, quando forem 16:00 horas de Maputo (as mesmas horas de Paris) ainda que os tempos são outros por conta das restrições impostas pela Covid-19, arranca a mais importante prova de resistência de Campeonato de Endurence da FIA, as 24 Horas de Le Mans.

O Circuito La Sarthe, com mais de 13 km de extensão, vai acolher mais de 60 carros para disputar a 89ª edição da prova mais longa do mundo. A bandeira bleu-blanc-rouge que vai autorizar o início da prova, como referimos anteriormente a partir das 16 horas de Maputo e termina na mesma hora amanhã,  domingo,  estará ao cargo do responsável da Fiat Chrysler Automobiles, John Elkann.

Tenifala e Machadão - já tinha estado na prova enquanto o segundo marca a sua estreia – representam Moçambique neste grande evento através do seu clube, ATCM, e, na conversa com o MOZAUTOSPORT, a poucas horas do início da prova, falam das expectativas para uma prova de dimensão.

–“Hoje  a partir das 16 horas de Maputo, inicia  a verdadeira prova das 24Horas de Le Mans. Estamos desde sábado último na França a cargo do Automóvel & Touring Clube de Moçambique. Logo à chegada tivemos que entrar em isolamento devido a situação da Covid-19 e só fomos liberados na segunda-feira seguinte, dia que também começámos com os treinos.  Estivemos em treinos durante toda a semana e hoje, como disse, inicia a prova” explicou Tenifala.

– “Estamos todos satisfeitos. Dose dupla de satisfação porque é a segunda vez que cá venho representar o país. Fomos bem-recebidos e o pessoal da Le Mans está satisfeito com o nosso trabalho. Fomos confiados dois postos, é claro que não dominamos a língua francesa, mas a nossa comunicação é com as bandeiras e manter a segurança entre os postos. Desta vez estamos desfalcados, na ocasião anterior trabalhei com os colegas portugueses, que são na minha opinião os grandes ausentes. É uma oportunidade única para nós como moçambicanos, estamos a mostrar que o desporto motorizado no país não está parado. Para nós é um aprendizado enorme, temos 30 anos de actividade como comissários, mas sempre há espaço para aprender. Sabemos que qualquer erro é fatal, estaremos muito atentos para sairmos daqui com alguma glória”, observou.

 

Comments:


Imprimir   Email

Sobre a Moz AutoSport

O Mozautosport assume como uma das suas missões levar à parelha a emoção vivida no automóvel e racionalidade ao exercício noticioso. Dito isto, o Mozautosport tem a obrigação de produzir conteúdos noticiosos relevantes onde todos os principais intervenientes se revêem nele.

  • Proprietário: GMC – Comunicação & Imagem - Cidade de Maputo
  • Telefone:
  • +258842763554

Email:

agenda@mozautosport.co.mz | publicidade@mozautosport.co.mz| geral@mozautosport.co.mz